terça-feira, 17 de janeiro de 2017

CD´s da Sapecada e Quarteto são Destaque Mais Vendidos Minuano Discos

Os CD´s da Sapecada e Quarteto são Destaque Mais Vendidos  Minuano Discos, especializada na distribuição via internet de produtos culturais nativistas e gaúchos.


O CD da Sapecada é o único dos festivais a figurar na lista.

 Os dez CD mais vendidos de 2016:
1º Lugar: Luiz Marenco - Sul;
2º Lugar: César Oliveira e Rogério Melo - Devoção;
3º Lugar: Ita Cunha II - Do Interior;
4º Lugar: Comparsa Elétrica - O Filme;
5º Lugar: Aninha Pires II - Milonga;
6ºLugar: Sapecada Da Canção Nativa - 24ª Edição;
7º Lugar: Lisandro Amaral - Querência e Caminho;
8º Lugar: Lisandro Amaral - Razões de Ser;
9º Lugar: Grupo Mas Bah! - O Primeiro;
10º Lugar: Quarteto Coração de Potro - Noite Adentro, Campo Afora;

Confira mais produtos em: www.minuanodiscos.com.br

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Mostra Itinerante de Poesia "Mãos que Lêem"


Buscando a inclusão e a acessibilidade, o projeto reuniu alguns poemas de poetas lageanos ou aquerenciados por aqui e os transcreveu para o Braille.





A Mostra teve inicio no dia 30 de novembro de 2016,  na sala de cinema do Centro Cultural Vidal Ramos e permaneceu exposta na biblioteca até o dia 31 de dezembro de 2016. Durante o evento foi realizado a leitura dos poemas pela Presidente da ADEVIPS, Luzia Apª Wolff França, e também uma conversas sobre a importância da acessibilidade no setor cultural. Como é itinerante a Mostra, durante o ano de 2017, será exposta em diversos lugares da cidade de Lages.





Fazem parte da Mostra os poemas:

No Grampo de Farpado - Evertom Waltrick
De ontem pra hoje - Leonardo A. Cordero "Gineti"
Santa Cruz - Aldo Martins Neto
Sem Ti - Ramiro Amorim
Destas Coxilhas - Adriano Medeiros
Emma - Pedro Ceron
Palavras e Flores - Anita Rosa
Des-colorido Meu - Patrycia Waltrick
Amor, sozinho, não basta - Ciça Ferreira




O evento foi organizado em parceria com a ADEVIPS, Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano, fundada em 1996 em Lages/SC, a associação é uma sociedade civil sem fins lucrativos e que possui o objetivo de promover a integração entre os cegos deficientes visuais da região, através da conscientização de suas potencialidades.




O Braille é um sistema criado no século XIX pelo deficiente visual francês Louis Braille e que visa proporcionar que pessoas cegas ou com baixa visão posam ler e escrever através de combinações de pontos em alto relevo.


CANTO DO BARREIRO - Um Concerto Entre Amigos

03 e 04 de fevereiro de 2017


Encontro

Anualmente, por ocasião da Sapecada da Canção Nativa de Lages, muitos músicos hospedam-se na Fazenda do Barreiro. 

Com o passar dos anos essa amizade foi se fortalecendo e todos gostando cada vez mais de estar na fazenda.

Foi numa dessas conversas ao pé do fogo de chão que surgiu a ideia de se fazer um festival, noutra época, com a integração de vários músicos, compositores e intérpretes de destaque no cenário musical nativista.

        Além de despertar a imprensa e os meios de comunicação, para a importância e divulgação do turismo rural, este evento fomenta a manutenção de nossos valores culturais e artísticos, reavivando e divulgando nossas tradições através da poesia, da música e do canto.

        O aniversário 30 anos de Turismo Rural na Fazenda do Barreiro transforma-se num evento maior, pois divulga toda a rede hoteleira da região tanto da cidade como do campo, nossas belezas naturais, o clima único e a hospitalidade característica do povo serrano de Santa Catarina.


        A integração de músicos da região serrana com músicos de outras localidades, principalmente do Rio Grande do Sul, possibilita o avanço de nossos músicos no aprimoramento de suas carreiras artísticas.

        A gravação de um CD/DVD com as músicas apresentadas no evento será seu produto final, que desta forma será eternizado e perpetuará esse momento muito importante e significativo para a cultura de toda esta região.




Artistas

Estão confirmados: LUIZ MARENCO, LEONEL GOMES , MARCELO OLIVEIRA,JOCA MARTINS, JULIANA SPANEVELLO, ÉDER GOULART,SÉRGIO CARVALHO PEREIRA, GUJO TEXEIRA, RAFAEL MACHADO, HELVIO CASALINHO, CRISTIAN CAMARGO, ZÉ RENATO DAUDT, FABIO MACIEL, QUINTO OLIVEIRA, , BETO VENTURA, JARI TERRES, ALDO MARTINS, ROGÉRIO VILAGRAN, JULIANO GOMES, ITÁ CUNHA, RAMIRO AMORIM, RICARDO COMASSETO, QUARTETO CORAÇÃO DE POTRO, FERNANDO SOARES, XIRU ANTUNES, LUCIANO FAGUNDES, CHIAPETA, PEDRO TERRA , MAICON OLIVEIRA dentre outros...


Fazenda




Fundada em 1782, é uma tradicional fazenda da Serra Catarinense.

Hoje na 8ª geração, preserva os costumes, a cultura e as construções deixadas pelos seus antepassados. A criação de gado de corte e de cavalos crioulos a plantação de milho e feijão sempre colocaram a Fazenda do Barreiro como destaque no setor agropecuário.

De porteiras abertas para que os visitantes e famílias possam viver momentos de descontração, respirar o ar puro, passear pelas belas paisagens e conhecer o dia a dia do homem serrano. Situada na Serra de Santa Catarina, o clima na Fazenda do Barreiro é singular.

No inverno as baixas temperaturas dão um toque especial à paisagem, com a constante presença das geadas que pintam de branco o imenso campo verde e algumas vezes com a neve que fazem qualquer adulto voltar a ser criança.


O verão é outra particularidade da região, pois durante o dia o sol aparece e dão um brilho especial as Águas do Rio da Divisa, proporcionando deliciosos banhos de cachoeira e ao anoitecer a temperatura baixa, perfeito para uma bela noite de sono.

Programação

03.02 – Sexta– Confraternização – 19:30h
Jantar, ensaios, passagem de som e tertúlia livre
Valor: R$ 50,00

04.02 – Sábado – Apresentação das Músicas – 19:30h
Apresentação das 12 composições inéditas com gravação ao vivo de CD/DVD
Valores: 1º Lote R$ 95,00 - 2º Lote R$ 120,00


INGRESSOS LIMITADOS, PESSOAIS E INTRANSFERÍVEIS

Informações: 49 3222-3031 / 99112-1987








quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Contrate para seu evento !!!


(49) 98822.9701      edergoulart@yahoo.com.br

A Área da Cultura na nova Administração Municipal




As principais propostas da nova administração municipal de Lages foram estas na campanha:

• Reincluir famílias e artistas locais na Festa do Pinhão

• Calendário permanente de eventos ligados a cultura local (torneio de laço, danças, festivais de música, gastronomia, etc.)
• Buscar parcerias com o setor público e iniciativa privada, para fomentar o Fundo Municipal de Cultural e realização de eventos

Estaremos acompanhando, colaborando e atentos para os desdobramentos nos próximos meses.

Assumiu a área Gilberto Ronconi, administrador que tem larga experiência na promoção de eventos, marketing e atuou na vida pública por mais de 10 anos.

Fica nosso desejo e de toda classe artística que tenhamos um bom trabalho principalmente considerando a cultura e os artistas locais

Para a Escola de Artes e Teatro Marajoara assumiu Salésio Padilha da área de dança que tem a missão de coordenar estes dois importantes espaços públicos.

Os desafios serão grandes levando em conta o cenário econômico, político e social, será necessário muito diálogo e engajamento da produção cultural e suas diversas áreas tão fortes na cidade para que ocorra evolução das políticas públicas relacionadas ao setor.



terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Documentários Marcam 250 Anos de Lages

Série de documentários valorizam a arte serrana em comemoração aos 250 anos da cidade de Lages, são 3 episódios Inspiração e o lançamento de fragmentos do registro de artistas em lugares públicos e históricos da cidade.

Um grande registro!!!






Sesc está com inscrições gratuitas para curso de gaita-ponto


Sesc está com inscrições gratuitas para curso de gaita-ponto

O Sesc em Santa Catarina informa que estão abertas as inscrições para bolsas de estudos gratuitas para o curso de gaita-ponto, do projeto “Fábrica de Gaiteiros”, oferecidas pelo Programa de Comprometimento e Gratuidade (PCG). O projeto atende crianças e adolescentes, de 7 a 15 anos, que aprendem a tocar gaita-ponto, instrumento que projetou Borghetti para o Brasil e exterior. O Edital 006/2016, disponível no site do sesc-sc.com.br, disponibiliza 35 vagas gratuitas de bolsas no Projeto – “Fábrica de Gaiteiros”.
As inscrições são gratuitas, e podem ser feitas pelos pais ou responsáveis, no Sesc em Lages, na Avenida Dom Pedro II, 1693 – Bairro Universitário – Lages. Para se candidatar no processo seletivo de ingresso ao PCG, o responsável legal precisa comprovar renda familiar bruta de até três salários mínimos, ou seja, R$ 2.640,00 e atender os seguintes requisitos básicos: ser preferencialmente dependente de comerciário; ou estar matriculado ou ser egresso da educação básica da rede pública de ensino.
As aulas são gratuitas, individuais, uma vez por semana, no Centro Cultural Vidal Ramos – Sesc. O instrumento é disponibilizado ao aluno, que também pode levar para estudar em casa. As gaitas cedidas aos alunos são confeccionadas pelo projeto de Renato Borghetti, com madeira certificada de eucalipto, proveniente de plantios renováveis.
O lançamento oficial do projeto social “Fábrica de Gaiteiros”, aconteceu no dia 22 de novembro, no Centro Cultural Vidal Ramos, e é uma parceria entre o Sesc em Santa Catarina e o Instituto Renato Borghetti de Cultura e Música. Criado pelo músico gaúcho Renato Borghetti, o projeto é voltado à educação musical de crianças e jovens, através do ensino do acordeão diatônico, instrumento conhecido popularmente na região Sul do Brasil como gaita de oito baixos.
“Uma coisa eu garanto, vai ter muita criança tocando gaita-ponto em Lages em menos tempo do que se imagina. Assim como acontece no Rio Grande do Sul, tenho certeza que esse projeto será muito positivo para Santa Catarina, pois tem um envolvimento muito grande da comunidade e dos familiares dos alunos, de uma forma bonita e emocionante. Agradeço ao Sesc por acreditar nessa ideia e oportunizar que a Fábrica de Gaiteiros ultrapasse as fronteiras. Essa parceira nos traz a tranquilidade de sabermos que estamos no caminho certo”, salienta Renato Borghetti.
Sobre o Centro Cultural Vidal Ramos – Sesc
O Centro Cultural Vidal Ramos – Sesc, está localizado na Rua Vidal Ramos Júnior 152, centro, Lages. O espaço administrado pelo Sesc em Santa Catarina conta com cafeteria, duas galerias de arte, central Relacionamento com Clientes, salas para aulas de artes, dança, música, teatro e para cursos de literatura, cinema com viabilidade de múltiplo uso, e uma biblioteca especializada em artes e história da cidade e região, com espaço para visualização de documentários e audiovisuais do acervo do CineSesc e audição de diferentes grupos musicais catarinenses e de referência na música brasileira.
Sobre a Fábrica de Gaiteiros
O acordeonista gaúcho Renato Borghetti, em suas viagens e shows pelo interior do Brasil e Rio Grande do Sul, recebe milhares de correspondências e pedidos verbais de fãs e admiradores. Entre tantas demandas, passou a carregar consigo algumas que considerou especiais: aquelas que solicitavam doação de gaitas ou auxílio para aquisição do instrumento, demasiadamente caro para os padrões brasileiros. “Essas cartas e e-mails me fizeram perceber o quanto era restrito o acesso da gaita-ponto aos interessados de baixa renda, evidenciando, assim, a carência de um projeto que permitisse o estímulo e a inclusão de jovens talentos na perpetuação da autêntica cultura gaúcha, através da gaita de oito baixos,” comenta Renato.
Unir inclusão social, aumentando a autoestima e o espírito de coletividade, ao mesmo tempo estimulando a sensibilidade e conhecimento da cultura local é a finalidade do projeto, com uma gaita social, que estimula crianças e jovens a se interessarem pelo instrumento, oferecendo aos mesmos as devidas condições para o aprendizado e para futura aquisição do instrumento, criando uma verdadeira “Fábrica de Gaiteiros”.
A “Fábrica de Gaiteiros” também está implantada nos municípios gaúchos de Barra do Ribeiro, Porto Alegre, Guaíba, Tapes, São Gabriel, Bagé e Butiá, com a participação de mais de 200 alunos.

Rédea Solta grava novo trabalho


Iniciou em Florianópolis as gravações no novo trabalho do premiado Trio Rédea Solta. 

EFRATA





No Studio Floripa (Juca Mendes) já foram gravadas baterias, percussões, violões e guitarras, 

O novo CD promete mais uma vez muitas novidades nas 15 faixas autorais.

A previsão de lançamento é meados de 2017.